Desafio Hematológico encerra a Primeira Gincana Hematológica

AddThis Social Bookmark Button

A Primeira Gincana Hematológica chegou ao fim após a conclusão do Desafio Hematológico, última etapa do evento, quarta-feira (05/junho) no Auditório 1 da Faculdade de Ciências Médicas da UNICAMP. Neste dia, transporte foi disponibilizado para trazer colegas e familiares dos três alunos finalistas: Ana Caroline Martins Panin (Escola Estadual Culto à Ciência), Dionísio Pedro (Escola Técnica Estadual Conselheiro Antonio Prado - ETECAP) e Vinícius Carvalho (Colégio Rio Branco Campinas).

 

A última etapa do evento consistia em um game show com os três melhores alunos do concurso de redações

 

            O Desafio consistiu em dez rodadas de perguntas objetivas, com três opções de resposta (A, B e C), abordando as três doenças hereditárias do sangue tema da Gincana: anemia falciforme, talassemia e hemofilia. Para a ocasião, cada um dos três selecionados poderia chamar mais dois colegas para formar equipes que iriam auxiliá-los na escolha de cada resposta; eles tiveram apenas dez segundos para responder as questões.

     Na primeira etapa, os alunos escreveram uma redação sobre uma das doenças, mas nesta última, o conhecimento sobre as três seria cobrado. Já a segunda etapa consistiu em uma visita dos autores das dez melhores redações e seus professores orientadores aos laboratórios do Hemocentro de Campinas, a fim de conhecerem mais as três doenças por meio de experimentos práticos e palestras com pesquisadores da área de doenças do sangue – além de serem preparados para o Desafio Hematológico.

      “Eu espero que essa Gincana tenha ensinado aos alunos um pouco sobre essas doenças, que têm alta prevalência em nossa população, para que sejam multiplicadores do conhecimento aos seus pais e familiares”, afirmou Sara Ollala Saad, coordenadora do Hemocentro de Campinas e do Instituto Nacional de Ciência do Sangue, este último que promoveu o evento.

     

       Depois de mais de uma hora de jogo, os ganhadores foram definidos. Todos os participantes da terceira etapa, juntamente com seus professores, ganharam prêmios – notebook, câmera fotográfica semiprofissional, smartphone, leitores de ebooks. Mas a plateia também: um notebook foi sorteado, além de vários brindes como pen drives, squeezes, canetas e mochilas.

     Controlar a ansiedade no game show foi decisivo para o resultado. “Nós sabíamos tudo, mas o nervosismo atrapalhou”, afirmou o aluno Dionisio Pedro, que ficou em segundo lugar. Julia Barbosa, uma de suas colegas de equipe afirmou que achou o evento muito interessante e importante para divulgação das doenças. “Eu fiquei muito honrada em participar. Só conhecia a anemia falciforme, a informação sobre essas doenças acabam ficando restritas apenas aos pacientes e não a população em geral, infelizmente”, afirmou a aluna.

 

    A equipe da aluna Ana Caroline Martins Panin ganhou o primeiro lugar. Ela afirmou que a Gincana trouxe um assunto de seu interesse e por isso teve facilidade com o aprendizado. “Reuníamos-nos em horários vagos para estudar, na parte da tarde. Então, as perguntas feitas não foram nada do que nós já não tínhamos visto”, afirma. “Eu me surpreendi com a garra, com a vontade de participar dos alunos, para mim, como professora, foi uma experiência única”, disse Sonia Maria Dodi, orientadora e professora da vencedora da competição.

Equipe vencedora: Carolina Alvarenga, Ana Caroline Panin (líder) e Raul Ustulin Capene

Equipe vencedora: Carolina Alvarenga, Ana Caroline Panin (líder) e Raul Ustulin Capene

 

Buy cheap web hosting service where fatcow web hosting review will give you advices and please read bluehost review for more hosting information.