Dez alunos selecionados participam da segunda etapa da Gincana Hematológica

AddThis Social Bookmark Button

       Na última sexta-feira (24/05) ocorreu no Hemocentro de Campinas a segunda etapa da Gincana Hematológica, que trouxe aos laboratórios de pesquisa os autores das dez melhores redações e seus professores orientadores. As redações abordavam três doenças hereditárias do sangue – anemia falciforme, talassemia e hemofilia -, todas objetivo de estudo dos pesquisadores do Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia do Sangue (INCTS).

Juntamente com seus professores orientadores, os alunos conheceram os laboratórios e fizeram experimentos práticos

 

    A Gincana Hematológica é um evento que pretende aproximar o conteúdo de biologia do ensino médio à universidade, conscientizar a comunidade da importância do diagnóstico precoce de doenças e cuidados com a saúde, proporcionar o contato de alunos e professores com inovações científico-tecnológicas e gerar agentes multiplicadores. Ao todo, cerca de 50 escolas participaram e, dentre os dez escolhidos, oito são de instituições públicas.

    Nesta segunda etapa aos alunos conheceram mais sobre as doenças em palestras com pesquisadores, participaram de experimentos práticos e viram no microscópio lâminas com células de pacientes com hemoglobinopatias. Além disso, conheceram também as dependências da Unidade de Hemofilia Cláudio Luiz Pizzigati Corrêa, desde 2009 nomeada Centro de Treinamento Internacional em Hemofilia pela Federação Mundial de Hemofilia, e conversaram com profissionais sobre as manifestações musculoesqueléticas em pacientes com hemofilia.

    Segundo a aluna Sabrina Yuri Odo, da Escola Estadual Júlio Mesquita, inicialmente teve que se esforçar para conhecer as três doenças do sangue propostas pela Gincana Hematológica e que já fez sua escolha pela área da saúde. “Foi algo bastante proveitoso pra mim. E mesmo que não tivesses escolhido essa área ou da biologia, é importante todos terem noção sobre as doenças ou tudo que pode envolver nossa saúde”, afirma.

   Quando viu o resultado no site da Gincana de que fora selecionada entre os dez melhores alunos, custou a acreditar que sua redação tinha sido escolhida. “Bati o olho na tela e de cara vi meu nome, não acreditei de inicio, tive que ler letrinha por letrinha, mas é maravilhoso ver que quando realmente nos esforçamos para fazer algo e conseguimos, a satisfação é enorme”, conta Sabrina.

   A professora Alessandra Barreto Passos afirma que achou muito positiva a iniciativa de fazer com que a informação sobre as doenças chegue aos alunos de uma maneira divertida. “Não deixa de ser uma motivação a mais para aprenderem sobre doenças importantes como também treinarem realizando a redação”, revela. Sobre essa segunda etapa do evento, a professora Sonia Maria Dodi acredita que “essa é uma ótima oportunidade de visitar os laboratórios do hemocentro e de pesquisa, além das palestras e também da valorização do trabalho do aluno, incentivando-o a pesquisar e a redigir”.

    Ao final da visita, os três alunos nomeados para a próxima etapa foram anunciados por Sara Ollala Saad, coordenadora do INCTS, na cerimônia de encerramento. O Desafio Hematológico, que vai encerrar o evento, é um jogo de perguntas e respostas sobre as três doenças hereditárias, em que o aluno poderá chamar mais dois colegas para formar equipes. O aluno Dionísio Pedro, da Escola Técnica Estadual Conselheiro Antonio Prado (ETECAP), está dentre os selecionados e acredita que a visita ajudou a prepará-lo para a última etapa e que já sabe quem vai chamar para ajudá-lo na disputa. “Agora pretendo ler a bibliografia disponível no site sobre as doenças, e dividir com meus colegas. Cada um será especialista em uma delas, mas todos deverão saber tudo”, conta o aluno. 

 

Buy cheap web hosting service where fatcow web hosting review will give you advices and please read bluehost review for more hosting information.